O Ministério da Cidadania irá notificar cerca de 625 mil pessoas que receberam indevidamente recursos do Auxílio Emergencial e necessitam ajustar contas com o governo. As notificações serão feitas até esta terça-feira (30) através de mensagens de celular (SMS).

Este é o terceiro lote de mensagens de 2021. Em outubro, cerca de 627 mil pessoas já tinham sido notificadas que deveriam restituir os recursos à União. Segundo o governo, após o envio dos primeiros lotes de SMS, foram devolvidos aos cofres públicos aproximadamente R$ 66,3 milhões até o dia 18 de novembro.

Um segundo grupo inclui pessoas com indicativo de recebimento de um segundo benefício assistencial, como aposentadoria, seguro-desemprego ou Programa Emergencial de Manutenção do Emprego e da Renda, “ou aquelas com vínculo empregatício na data do requerimento do Auxílio Emergencial, ou identificadas com renda incompatível com o recebimento, dentre outros casos”, informou a Cidadania.

O governo concluiu em outubro os pagamentos do Auxílio Emergencial. Lançado em abril de 2020 para atenuar os impactos econômicos provocados pela pandemia do coronavírus, o programa repassou cerca de R$ 359 bilhões de 2020 a 2021. Foram duas etapas: nove parcelas no ano passado, e sete este ano, de abril a outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here