A pandemia provocou uma grave crise econômica. Atualmente, o empreendedorismo é uma forma encontrada pelas pessoas para driblar os índices de desemprego ou para buscar oportunidades de novos negócios. E uma das maneiras mais fáceis e baratas de deixar de trabalhar na informalidade é tornando-se um microempreendedor individual (MEI).

Nesta sexta-feira, 29, a Prefeitura de Itapetinga vai lançar, durante a Feira de Artesanato, o projeto “Vem Ser MEI”. O objetivo é fomentar o empreendedorismo, levar até à população informação sobre os benefícios de ser um microempreendedor e formalizar negócios de forma rápida, segura e sem burocracia.

Podem ser MEI todos aqueles que têm um pequeno negócio com um ou nenhum funcionário, que fature, no máximo, R$ 6.750,00 por mês e não sejam sócios de nenhum outro empreendimento.

Entre os benefícios da formalização estão a cobertura previdenciária, emissão de nota fiscal, conta bancária empresarial, acesso facilitado a créditos. Tudo, sem precisar contratar empresa de contabilidade, com imposto fixo de até 61,00 e nenhum tipo de burocracia.

Após o final da Feira de Artesanato, o projeto “Vem ser MEI” vai fazer atendimento nos bairros.

Acompanhe a agenda:

03 e 04 de novembro: Primavera

10 e 11 de novembro:  Nova Itapetinga

17 e 18 de novembro:  Vila Isabel

24 e 25 de novembro: Vila Riachão

01 e 02 de dezembro: Central de Abastecimento

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here