O Ministério da Saúde deve distribuir 9,5 milhões de doses entre nesta terça, 27, e quarta-feira, 28, após cobrança de governadores e prefeitos por mais celeridade na entrega de vacinas contra a Covid-19.

Nos últimos dias, várias cidades brasileiras, como Rio de Janeiro, Salvador, Belém, Vitória, Campo Grande e João Pessoa, chegaram a paralisar a campanha de vacinação por falta de doses.

Segundo documentos, estados que enfrentaram ou que ainda enfrentam essa suspensão vão receber uma quantia maior de imunizantes contra o novo coronavírus, como é o caso da Bahia. O objetivo, com isso, é normalizar a campanha pelo país.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, 26, ao ser questionado sobre o assunto, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, disse que “até, no máximo, quarta-feira devem ser normalizadas” as entregas de doses de vacinas aos estados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here