O regulador britânico, o MHRA, diz que a aplicação, que oferece proteção de até 95% contra a doença da Covid-19, é segura para lançamento na próxima semana.

As imunizações podem começar em poucos dias para aqueles que mais precisam, como idosos em asilos.

O Reino Unido já encomendou 40 milhões de doses – o suficiente para vacinar 20 milhões de pessoas.

Cerca de 10 milhões de doses devem estar disponíveis em breve, com as primeiras 800.000 chegando ao R.U. nos próximos dias.

É a vacina mais rápida de todos os tempos para ir do conceito à realidade, levando apenas 10 meses para seguir os mesmos passos de desenvolvimento que normalmente duram uma década.

O secretário de Saúde Matt Hancock tuitou “ ajuda está a caminho” e disse à BBC que as pessoas serão contatadas pelo NHS, o Serviço Nacional de Saúde de lá, quando for sua vez de tomar a dose.

O presidente-executivo do NHS, Sir Simon Stevens, disse que o serviço de saúde está se preparando para “a maior campanha de vacinação da história do nosso país”.

Cerca de 50 hospitais estão de prontidão e centros de vacinação em locais como centros de conferências estão sendo criados agora.

Embora a vacinação possa começar, as pessoas ainda precisam permanecer vigilantes e seguir as regras do novo coronavírus para impedir a disseminação, dizem os especialistas.

Isso significa manter o distanciamento social e as máscaras faciais, testar as pessoas que podem ter o vírus e pedir que se isolem.

O professor Danny Altman, professor de imunologia do Imperial College London, disse que a notícia da aprovação foi “importante”.

Temos a primeira aprovação de emergência para o uso de uma vacina realmente eficaz. Verdadeiramente heroica”.

Qual é a vacina?

É um novo tipo chamado vacina de RNA-mensageiro que usa um pequeno fragmento do código genético do vírus pandêmico para ensinar o corpo a lutar contra o Covid-19 e construir imunidade.

Uma vacina de RNA-mensageiro nunca foi aprovada para uso em humanos antes, embora as pessoas a tenham recebido em testes clínicos.

A vacina deve ser armazenada por volta de -70°C e será transportada em caixas especiais, acondicionadas em gelo seco. Depois de entregue, pode ser guardado por até cinco dias na geladeira.

Quem vai receber e quando?

Os especialistas elaboraram uma lista de prioridades provisória, visando as pessoas em maior risco. No topo estão os residentes e funcionários de casas de repouso, seguidos por pessoas com mais de 80 anos e outros assistentes sociais e de saúde.

Eles receberão os primeiros estoques da vacina – alguns já na próxima semana. A imunização em massa de todas as pessoas com mais de 50 anos, bem como de pessoas mais jovens com problemas de saúde preexistentes, pode acontecer à medida que mais estoques se tornem disponíveis em 2021. É administrada em duas injeções, com 21 dias de intervalo, sendo a segunda dose um reforço.

E quanto a outras vacinas Covid?

Existem algumas outras vacinas promissoras que também podem ser aprovadas em breve.

Um da Moderna usa a mesma abordagem de RNA-m da vacina Pfizer e oferece proteção semelhante. O Reino Unido encomendou 7 milhões de doses que podem estar prontas na primavera deles.

O governo de lá encomendou doses de 100 milhões de um tipo diferente de vacina Covid da Universidade de Oxford e da AstraZeneca. Essa vacina usa um vírus inofensivo, alterado para se parecer muito mais com o vírus que causa a Covid-19.

A Rússia tem usado outra vacina, chamada Sputnik, e os militares chineses aprovaram outra feita pela CanSino Biologics. Ambas funcionam de maneira semelhante à vacina Oxford.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here